LAJOTA CERÂMICA X LAJOTA ISOPOR

LAJOTA CERÂMICA X LAJOTA ISOPOR

Laje treliçada com lajota em isopor x Laje treliçada com lajota cerâmica – Qual é melhor?

Durante o planejamento de uma obra, a escolha dos materiais envolve economia, resistência e durabilidade da aplicação. Confira quais são as vantagens e desvantagens desses dois tipos de lajota:

Laje com lajota EPS

Também conhecido como EPS, o material serve como forma e enchimento em lajes. A aplicação dos blocos de isopor é feita entre as viguetas treliçadas.

A maior vantagem da laje de isopor é a diminuição da carga na estrutura. O material é leve sem oferecer riscos à segurança da obra. A vantagem da construção com esse material também envolve sustentabilidade, já que é 100% reciclável.

Apesar do EPS ter um custo maior para quem adquire uma laje, ele apresenta muitas vantagens em relação à cerâmica quais sejam: apresenta isolamento térmico-acústico, rapidez na montagem (reduzindo a mão-de-obra em 90%). Há uma redução de 19% no peso próprio da laje H8, cuja consequência principal é a diminuição das reações nos apoios das vigas, das vigas para os pilares e dos pilares para as fundações. Caso a laje seja H12, ou seja, a altura do EPS igual a 12 cm e altura da laje acabada igual a 16 cm, a redução do peso próprio da laje cai 24% e 27% para a H16 e H20.

É importante ressaltar que o EPS seja da classe 3F, com densidade mínima de 16 kg/m³. Para efeitos de consumo, se você for usar uma peça de 34 cm de largura, 7 cm de altura e 120 cm de comprimento serão necessárias 2 peças por metro quadrado e se a peça for com 100 cm de comprimento serão 2,3 peças por metro quadrado.

O acabamento com chapisco ou gesso é um pouco complicado, visto que o isopor precisa de uma cola especial para assegurar a aderência.

Laje com lajota cerâmica

A lajota em cerâmica é mais barata que a lajota em isopor e também não precisam de material especial para garantir a aderência do acabamento e podem ser rebocadas.

Citando as desvantagens, o material é mais pesado e precisa de mais cuidado no manuseio.

Em resumo, tanto a lajota de isopor quanto lajota de cerâmica tem suas vantagens e desvantagens, mas, no fim das contas, a escolha varia de acordo com suas necessidades e prioridades durante a obra.